sexta-feira, 3 de julho de 2015

Conteúdo nas redes sociais pode atrapalhar candidatos na hora da seleção

Acessadas por milhões de internautas em todo o mundo, estas mídias viraram mania e atualmente influenciam, inclusive, a vida profissional dos indivíduos

As redes sociais, utilizadas para interagir com amigos e parentes, sobretudo os distantes, atualmente, são monitoradas por muitas empresas, na intenção de avaliar os candidatos às vagas abertas de emprego. A tendência está se espalhando pelo mundo inteiro. De acordo com uma pesquisa realizada pela Reppler, uma consultoria especializada em gerenciamento de imagens nas mídias sociais, 69% dos recrutadores norte-americanos já rejeitaram um candidato devido a informações nos perfis de redes sociais como Facebook, Linkedin e Twitter.

“Antes de mais nada, é preciso ter bom senso e cuidado com a imagem construída no ambiente digital”, afirma o coach Flávio Resende, especialista em Life Coaching. “Considerando o crescimento exponencial nos últimos anos, as redes sociais se tornaram uma ferramenta cada vez mais utilizada para que contratantes observem a coerência entre o que é conversado nas entrevistas de emprego e em como a pessoa se apresenta para os seus ‘amigos’ na internet”, explica o coach.

Grupo Impacto abre novas turmas para o concurso do TCU

O Tribunal de Contas da União (TCU) publicou o edital confirmando o concurso para cargos de nível médio e superior

O Tribunal de Contas da União (TCU) publicou o edital confirmando o concurso para cargos de nível médio e superior. Estão previstas 108 vagas, com salários de R$ 7.938,36 e R$ 14.078,66. O Grupo Impacto preparou turmas para que os candidatos estejam bem preparados para as provas.

Ibram abre processo seletivo para preencher 31 vagas temporárias

Equipe vai reforçar brigada de combate a incêndios em Brasília durante o período da seca

Foto: João pedro.

Brasília se encontra em estado de emergência ambiental há 16 dias devido à queda da umidade relativa do ar. Para ajudar no combate a incêndios, comuns nesta época do ano, o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) abriu, nesta quinta-feira (2), processo seletivo para contratação temporária — por um período de quatro meses — de um chefe de brigada, seis chefes de esquadrão e 24 brigadistas florestais. O edital foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal.

Provas para selecionar conselheiros tutelares serão aplicadas neste domingo

Foram 26.588 inscritos para 40 vagas em todas as regiões administrativas

Neste domingo (5), 26.588 candidatos que concorrem a 40 vagas de conselheiro tutelar do Distrito Federal fazem provas em 18 escolas de Brasília. No hotsite — página temporária criada apenas para uma ação específica — do processo seletivo estão disponíveis os locais de realização das provas, que ocorrem das 13 horas às 17h30. 

A avaliação para escolha dos membros do Conselho Tutelar do DF no quadriênio 2016-2019 tem o objetivo de medir o conhecimento dos candidatos sobre temas como o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a Lei de Convivência Familiar e a Constituição Federal. São 60 questões de múltipla escolha, com cinco opções cada uma.

Os aprovados no exame de conhecimentos específicos serão habilitados e passarão para a fase de análise da documentação. As etapas seguintes do processo são o registro de candidatura, a eleição — por meio de voto direto, secreto e facultativo — e o curso de formação inicial, com frequência obrigatória e carga horária mínima de 40 horas semanais.

Os inscritos devem chegar aos locais de prova com no mínimo uma hora de antecedência, levar documento oficial de identificação com foto e caneta de material transparente com tinta preta.

Publicidade

Publicidade

Usuários online

Publicidade