segunda-feira, 29 de julho de 2013

Boa Vista Energia abrirá 326 vagas em agosto

O edital de abertura do concurso da Boa Vista Energia S.A., empresa vinculada à Eletrobras, com previsão de abertura de 326 vagas, seria lançado no mês passado, porém, segundo a assessoria de imprensa da empresa, houve alteração na nomenclatura de alguns cargos e o documento precisou de ajustes.

Com isso, a nova pretensão para o edital ser divulgado é em agosto. Serão abertas cargos de níveis médio, técnico e superior. A lotação dos aprovados será em Boa Vista/RR e Brasília/DF, sendo a maioria de chances para a capital de Roraima.
 
Há quatro anos
O último concurso do órgão foi em 2009, quando ofertou 34 vagas imediatas e formação de cadastro reserva para cargos de níveis médio e superior. À época, os salários iniciais variaram de R$ 1.211 a R$ 3.247.
 
As vagas imediatas foram para funções de economista (analista comercial), assistente técnico de engenharia I (eletricista de rede de distribuição, motorista eletricista), técnico industrial de engenharia I (manutenção elétrica e edificações), engenheiro (de projetos e construção, de manutenção elétrica e de operação), advogado, técnico de nível superior (analista de sistema e psicólogo) e contador (auditor).
 
Para formação de cadastro reserva os cargos ofertados foram de assistente administrativo I (técnico em secretariado, assistente de recursos humanos, assistente comercial, assistente de processamento de dados, auxiliar de enfermagem do trabalho, programador de computador e técnico em contabilidade), assistente técnico de engenharia I (eletricista de linha de transmissão), técnico industrial de engenharia I (operador de COD, topógrafo, operador de subestação, técnico de manutenção eletrônica e técnico de manutenção de telecomunicações, desenhista projetista e técnico de projeto e construção).

Concursos públicos abrem inscrições para mais de 1,8 mil vagas

Veja a relação de órgãos que abrem inscrições para concursos públicos no decorrer desta semana. Um deles pode ser o que você estava esperando!

Você, que está planejando entrar para a carreira pública, saiba que pelo menos 30 órgãos recebem inscrições para concursos no decorrer desta semana, em vários estados do Brasil. Juntos, esses certames oferecem cerca de 1.833 vagas, distribuídas entre as de provimento imediato e as de formação de cadastro reserva, em cargos de todos os níveis de escolaridade.
Há também diversos concursos com inscrições abertas por todo o Brasil, os quais podem ser conferidos abaixo.

Veja a nossa lista:
ÓrgãoUFVagasSal. máx.
Segunda-feira (29/07/2013)
UFPA - Universidade Federal do Pará
Nível Superior
PA7R$ 4.650
Câmara de Biguaçu
Todos os níveis de escolaridade
SC29R$ 2.690
UFMA - Universidade Federal do Maranhão
Nível Superior
MA15R$ 4.650
Prefeitura de Juína
Nível Médio/Técnico
MT35R$ 933
Prefeitura de São Bernardo do Campo
Níveis Médio e Superior
SP43R$ 2.400
Prefeitura de São José
Níveis Fundamental e Superior
SCVáriasR$ 1.044
Fundação Cultural Benedicto Siqueira e Silva
Níveis Fundamental e Médio
SP7R$ 650
UFSM - Universidade Federal de Santa Maria
Níveis Médio e Superior
RS14R$ 3.139
Prefeitura de Monsenhor Gil
Todos os níveis de escolaridade
PI24R$ 2.600
UFSM - Universidade Federal de Santa Maria
Nível Superior
RS12R$ 3.620
UFFS - Universidade Federal da Fronteira Sul
Nível Superior
SC25R$ 8.423
Prefeitura de Mombuca
Todos os níveis de escolaridade
SP24R$ 12.399
Prefeitura de Ibiraçu
Todos os níveis de escolaridade
ES34R$ 6.197
IFF - Instituto Federal Farroupilha
Nível Superior
RSVáriasR$ 3.826
Prefeitura de Sinop
Nível Superior
MT35R$ 7.746
Prefeitura de Icapuí
Todos os níveis de escolaridade
CE321R$ 5.500
FEPPS - Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde
Níveis Médio e Superior
RS15R$ 3.338
Marinha do Brasil
Todos os níveis de escolaridade
BR3não informado
Prefeitura de Apiacá
Níveis Médio e Superior
ES3não informado
Prefeitura de Goianinha
Todos os níveis de escolaridade
RN431R$ 3.700
Prefeitura de Pinhalzinho
Nível Superior
SP36R$ 2.508
IMESC - Instituto de Medicina Social e de Criminologia
Níveis Médio e Superior
SP24R$ 3.389
SAEB - Secretaria da Administração do Estado da Bahia
Nível Médio/Técnico
BA26R$ 1.071
Prefeitura de Tenente Ananias
Todos os níveis de escolaridade
RN97R$ 1.200
Prefeitura de Ourinhos
Níveis Médio e Superior
SP57R$ 1.537
Prefeitura de Santana de Parnaíba
Todos os níveis de escolaridade
SP243R$ 6.996
Prefeitura de Santana de Mangueira
Todos os níveis de escolaridade
PB199R$ 4.500
Prefeitura e Câmara de Córrego do Ouro
Todos os níveis de escolaridade
GO62R$ 3.421
Terça-feira (30/07/2013)
UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Nível Superior
RJ10R$ 4.650
Conselho Regional de Psicologia - 12ª REGIÃO
Nível Médio
SC2R$ 1.467

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Banca para concurso com 854 vagas da SEDF está sendo definida





 
A Secretaria de Administração Pública do Distrito Federal (Seap) informou que o concurso da Secretaria de Educação, com 854 vagas imediatas mais cadastro de reserva, está em fase de contratação da banca organizadora. Sendo assim, o cronograma só será definido após esta decisão.
 
A seleção foi autorizada em março deste ano, pelo governador do DF, Agnelo Queiroz. De acordo com publicação do Conselho de Política de Recursos Humanos, no Diário Oficial do DF, do total de vagas 804 serão para o cargo de professor de educação básica e 50 para especialista de educação básica.
 
Último concurso
Ano passado a SEDF abriu processo seletivo para contratação temporária de 6,5 mil professores. Houve 35.564 candidatos inscritos na seleção, organizada pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades).
 
Os participantes foram submetidos à avaliação objetiva e análise de títulos e de experiência profissional. Os aprovados serão convocados gradativamente para atuar na educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, educação profissional e educação de jovens e adultos. O salário foi afixado de acordo com a hora-aula efetiva de trabalho, tendo como referência os padrões iniciais da carreira de magistério público.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Saiu o resultado final do concurso com 122 vagas do Ministério da Integração


No total, 33.879 candidatos se inscreveram para disputar 122 cargos


O Ministério da Integração (MI) divulgou no Diário Oficial da União desta segunda-feira (15/7) o resultado final para os cargos de nível superior do concurso que ofertou 122 vagas. Apenas o posto de analista técnico administrativo ainda tem seleção em andamento; quem concorreu a este cargo pode conferir o resultado final da prova discursiva a partir da página 108, da terceira seção. 

 Candidatos que se declararam deficientes estão ainda convocados para perícia médica, que será realizada no Hospital Universitário de Brasília (HUB), no dia 21 de julho.

O Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) é a banca do certame. No total, 33.879 candidatos se inscreveram para disputar 122 cargos de nível médio e superior, o que gerou concorrência média de 277 pessoas por vaga.

Os salários variam entre R$ 2.570,02 e R$ 5.081,18. Aqueles que possuem nível médio concorrem ao cargo de assistente técnico administrativo. Graduados em nível superior disputam postos de analista técnico administrativo, engenheiro agronômico, engenheiro civil e administrador.

A seleção dos candidatos foi feita por meio de provas objetiva e discursiva. Os aprovados serão lotados na capital federal, Brasília.

7.900 vagas para IBGE





Por meio de publicação no Diário Oficial da União desta segunda-feira (15/7), o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP) autorizou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a abrir processo seletivo para contratar, por tempo determinado, 7.825 profissionais de níveis médio e superior. Os aprovados vão trabalhar na realização de pesquisas econômicas e sociodemográficas. 

A autorização de hoje revoga a do dia 6 de maio, onde o Planejamento autorizava 950 chances. A portaria foi publicada na página 217 da primeira seção.

Para nível médio serão 7,6 mil vagas ao cargo de agente de pesquisa e mapeamento e outras 180 para agente de pesquisa por telefone. Graduados, por sua vez, disputarão 27 oportunidades para analista de geoprocessamento e 18 de supervisor de pesquisa por telefone.

Segundo a nova autorização, as contratações serão realizadas mediante realização de processo seletivo e com duração de até um ano, com possibilidade de prorrogação até o limite máximo de dois anos. Os salários serão definidos pelo IBGE e as despesas com as contratações ficarão por conta do instituto.

Saiba mais
Outro certame no IBGE foi autorizado pelo Ministério do Planejamento em abril de 2013 com 440 oportunidades de níveis médio e superior. A permissão também veio por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União.

Serão 20 vagas para o cargo de pesquisador em informações geográficas e estatísticas; 60 para tecnologista em informações geográficas e estatísticas; outras 60 ao cargo de analista de planejamento, gestão e infra-estrutura em informações geográficas e estatísticas; e 300 para técnico em informações geográficas e estatísticas. De acordo com a portaria, a responsabilidade pela realização do concurso será do IBGE, a quem caberá baixar as respectivas normas, mediante a publicação de editais, portarias ou outros atos administrativos.

De acordo com o Boletim Estatístico de Pessoal do MP, a remuneração para pesquisadores varia de R$ 6.557,47 a 8.328,97, de acordo com a titulação do candidato. Tecnologistas receberão salários entre R$ 5.909,63 e R$ 7.409,29. Já os analistas terão vencimentos de R$ 5.909,63 a R$ 7.409,29. Por último, técnicos podem receber até R$ 2.938,28.

segunda-feira, 8 de julho de 2013

PRF, MJ e MC encerram inscrições para 1.244 vagas nesta segunda

Interessados em se candidatar nos concursos públicos da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Ministério da Justiça (MJ) ou do Ministério das Comunicações (MC) têm até as 23h59 desta segunda-feira (8/7) para se inscreverem. São, ao todo, 1.244 oportunidades de nível superior. O salário pode chegar a R$ 8,3 mil. Confira abaixo as definições de cada seleção.

PRF
São 1.000 vagas para o cargo de policial. Para participar, é preciso ter graduação em qualquer curso reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e carteira de habilitação na categoria B, no mínimo. Interessados devem se inscrever pelo site www.cespe.unb.br/concursos/dprf_13. A taxa de participação é de R$ 150.

Organizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), o certame será composto por provas objetivas, no dia 11 de agosto, prova discursiva, exame de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social e avaliação de títulos. A primeira fase será aplicada em todas as capitais brasileiras. Aprovados em todas as etapas ainda serão submetidos ao curso de formação profissional.

De acordo com o edital de abertura, a remuneração inicial é de R$ 6.106,81 para uma jornada de trabalho semanal de 40 horas semanais. De acordo com a PRF, os aprovados serão lotados em todos os estados brasileiros, mas haverá preferência para as regiões de fronteira. Cinquenta chances são reservadas a candidatos com deficiência.

MJ
O concurso oferta 125 vagas. Todas as oportunidades são de nível superior, sendo sete para pessoas com deficiência. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) é a banca organizadora. Todas as vagas são para Brasília.

As chances serão distribuídas entre as funções de analista técnico-administrativo (100 vagas), administrador (10), contador (1), economista (4), engenheiro civil (8) e engenheiro elétrico (2). Todas com jornadas de trabalho previstas em 40 horas semanais. O salário será de R$ 5.081,18 para economista e engenheiros e de R$ 3.980,62 para os demais cargos.

Para concorrer ao cargo de analista técnico-administrativo o candidato pode ter graduação em qualquer área. Já nos demais cargos precisa ser graduado nas respectivas áreas para as demais funções.

Interessados devem se inscrever no site www.cespe.unb.br/concursos/mj_13. A taxa de participação será de R$ 65.

De acordo com o edital de abertura, haverá prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos, no dia 25 de agosto, e prova discursiva. Ambas de caráter eliminatório e classificatório. Todas as etapas acontecerão em Brasília.

MC
São 119 vagas temporárias com salários que variam de 3,8 mil a R$ 8,3 mil.. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) é banca do certame.

Segundo o edital de abertura, podem se inscrever quem tem graduação em qualquer área ou na área de Humanas, além dos curso de direito, ciências contábeis, engenharia, administração, informática, ciências sociais aplicadas, arquivologia, economia, estatística, e tecnologia da informação. Cinco por cento das chances são reservadas a pessoas com deficiência.

Interessados devem se inscrever pelo site www.cespe.unb.br/concursos/MC_13. As taxas variam de R$ 85 a R$ 110. Haverá prova objetiva no dia 18 de agosto.

O prazo de duração dos contratos é de um ano, com prorrogação até no máximo cinco anos. Além de atividades técnicas de suporte, parte dos aprovados vão atuar nos projetos Redução de estoque de processos de radiodifusão, Cidades digitais, Sistema de alerta de emergência, Regime Especial de Tributação do Programa Nacional de Banda Larga (REPNBL), TV Digital, Fundo para o desenvolvimento tecnológico das telecomunicações (Funttel), lançamento do satélite brasileiro, e Sistema unificado de informações sobre telecomunicações. 

Ministério do Trabalho abre inscrições para 100 vagas de auditor-fiscal

Candidatos com nível superior e que querem concorrer ao salário de R$ 14.280 no cargo de auditor-fiscal do trabalho já podem se inscrever no novo concurso do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O tão esperado edital de abertura do concurso oferece 100 vagas. Para concorrer, é preciso ter graduação em qualquer área em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) é a banca organizadora.

Interessados podem se inscrever até 29 de julho, pelo site da banca - www.cespe.unb.br/concursos/mte_2013. A taxa custa R$ 130. Do total de oportunidades, cinco são reservadas às pessoas com deficiência.

Segundo o edital de abertura, os candidatos serão submetidos a quatro provas. A primeira delas é de caráter objetivo sobre conhecimentos básicos, serão 100 questões de língua portuguesa, raciocínio lógico, direitos humanos, administração geral e pública e noções de informática. Outra prova objetiva, desta vez com 120 itens, será aplicada sobre conhecimentos específicos com questões de direito constitucional, direito administrativo, auditoria, economia do trabalho, direito do trabalho, seguridade social, legislação previdenciária, segurança e saúde no trabalho, legislação do trabalho e contabilidade geral. Ambas serão aplicadas no dia 8 de setembro, durante manhã e tarde, cada uma com duração de três horas e meia.

O concurso conta ainda com mais duas provas discursivas em que deverão ser respondidas, ao todo, seis questões, além de uma dissertação, no dia 6 de outubro. Segundo o edital, as etapas serão realizadas em todas as 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal.

Dentre as funções do cargo de auditor-fiscal do trabalho estão a verificação dos registros nas carteiras de trabalho, visando reduzir os índices de informalidade; a verificação do recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS); o cumprimento de acordos coletivos de trabalho; e a investigação sobre a existência de fraudes e irregularidades no exame da contabilidade de empresas, por exemplo.

Ainda não está definido o local de lotação dos aprovados neste concurso. Segundo o MTE, só após a homologação do resultado final serão reveladas quais unidades administrativas do ministério serão ocupadas. 

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Ponto a ponto da lei geral dos concursos


ANS divulga edital com 200 vagas temporarias e salários de até R$ 6 mil


Foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (28/6) o edital de abertura do novo processo seletivo simplificado da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). São 200 vagas em cargos do nível superior, sendo duas para Brasília, com salários que variam de R$ 3,8 mil a R$ 6.130. A Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) é a banca organizadora. As informações foram publicadas a partir da página 142 da terceira seção.


Saiba +
Interessados poderão se inscrever de 2 a 16 de julho, pelo site da organizadora - www.funcab.org.br. A taxa será de R$ 78 para cargos da área de atividade técnica de suporte e de R$ 92 para as funções de atividade técnica de complexidade intelectual.

Nesta seleção, a ANS oferta oportunidades para profissionais graduados nas áreas da saúde, direito, administração, contabilidade e em diversos cursos da área de informática - como análise de sistemas, ciências da computação, tecnologia em ti, entre outros. Além de Brasília, os aprovados serão lotados em Salvador, Fortaleza, Belo Horizonte, Cuiabá, Belém, recife, Curitiba, Rio de Janeiro, Ribeirão Preto/SP, Porto Alegre e São Paulo.

A seleção se dará mediante provas objetivas, agendadas para 1º de setembro, e que serão aplicadas em Brasília, Belém, Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Segundo cronograma, o resultado final deverá sair já em 26 de setembro.

Em saúde, além de conteúdo básico, a prova exigirá conhecimento em legislação básica, noções de direito administrativo e constitucional. Já para direto constará direito civil, administrativo, constitucional, entre outros. Administração pública, contabilidade e noções e contabilidade serão cobrados na prova de administração/ciências contábeis. Já em ciências da computação, sistemas de informação ou engenharia serão exigidos conhecimentos de modelagem de processos, gestão de contratos de TI, banco de dados, governança de TI, gestão de projetos e análise e projeto de sistemas.

Os contratos terão duração de um ano, com possibilidade de prorrogação até o limite máximo de cinco anos. Já o processo seletivo terá a duração inicial de dois anos, podendo ser prorrogado uma única vez e pelo mesmo período.

Ministério do Trabalho lança edital com 100 vagas e salário de R$ 14,2 mil
















Mais vagas no Poder Executivo foram abertas nesta segunda-feira (1/7). No Diário Oficial da União, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou o tão esperado edital de abertura do concurso com 100 vagas para auditor-fiscal do trabalho. Para concorrer, é preciso ter graduação em qualquer área em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). A remuneração do posto é de R$ 14.280 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) é a banca organizadora. As informações foram publicadas a partir da página 173 da terceira seção.

Interessados poderão se inscrever de 8 a 29 de julho, pelo site da banca - www.cespe.unb.br/concursos/mte_2013. A taxa custa R$ 130. Do total de oportunidades, cinco são reservadas às pessoas com deficiência.

A seleção se dará mediante provas objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório, no dia 8 de setembro. Haverá ainda sindicância de vida pregressa, de caráter apenas eliminatório. Segundo o edital, as etapas serão realizadas em todas as 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal.

Após a homologação do resultado final do concurso, a lotação dos aprovados será divulgada em ato do MTE, mediante levantamento das unidades prioritárias, podendo recair sobre as Gerências Regionais do Trabalho e Emprego (GRTE) ou sede das Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego. 

Publicidade

Publicidade

Usuários online

Publicidade