quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Comissão aprova cotas de vagas para negros em concursos


A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (18) proposta, do Executivo, que reserva 20% das vagas para negros nos concursos públicos da esfera federal (PL 6738/13). Pelo projeto, a lei terá vigência pelo prazo de dez anos e não se aplica aos concursos cujos editais já tiverem sido publicados antes de sua entrada em vigor.

O relator, deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), defendeu a aprovação do projeto. Para ele, a proposta não elimina a pobreza, mas inclui mais pessoas na dinâmica social, além de corrigir a enorme disparidade social entre brancos e negros, devido aos mais 300 anos de escravidão. O deputado incluiu uma emenda para que a reserva de vagas também seja aplicada na ocupação de cargos comissionados no funcionalismo público.

De acordo com Feliciano, os cargos comissionados correspondem a 70% do quadro de funcionários e, em alguns casos, superam em mais de 50% o número de servidores efetivos. “Esses cargos são de livre nomeação e, por isso, não têm a natureza permanente dos cargos efetivos a que se destinam a reserva de vagas do projeto. Entretanto, não faz sentido deixá-los de fora do alcance de uma política de ação afirmativa”, argumentou em seu relatório.

Além disso, o relator acatou o voto em separado do deputado Pastor Eurico (PSB-PE) que prevê um percentual específico de vagas para negros oriundos de escolas públicas. Pela proposta aprovada, dentro da cota de 20%, 75% das vagas serão destinadas a alunos negros que concluíram seus estudos em escolas públicas; o restante (25%) ficará para os que estudaram em instituições privadas. Ele acredita que os alunos negros das escolas particulares poderiam se sobrepor aos das escolas públicas, “ocasionando um desequilíbrio que pode inviabilizar o sentido da proposição”.

O deputado Luiz Alberto (PT-BA) comemorou a aprovação do projeto. Segundo ele, “foi uma vitória da sociedade brasileira, que caminha no sentido de consolidar esse amplo processo de inclusão social pelo qual passamos”.

O deputado Marcos Rogério (PDT-RO) votou contra a proposição. Para ele, o acesso ao serviço público deve ser por mérito e não por meio de políticas afirmativas. Rogério afirmou ainda que o projeto é inconstitucional, pois segundo a Constituição, “todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza. O projeto vai em sentido contrário, pois trata de maneira diferenciada os cidadãos”.

Segundo a proposta, os candidatos negros concorrerão concomitantemente às vagas reservadas e às vagas destinadas à ampla concorrência, de acordo com a sua classificação no concurso.

A medida valerá para órgãos e entidades da administração pública federal, das autarquias, das fundações públicas, das empresas públicas e das sociedades de economia mista controladas pela União.

A matéria, que tramita em regime de urgência constitucional, ainda será examinada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de seguir para o Plenário. A proposta do Executivo já havia sido aprovada pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

GDF cria 4.550 vagas para agentes de nível médio


Foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal, desta terça-feira (17/12), a Lei nº 5.237 que cria 4.550 cargos, sendo 1,2 mil de agente de vigilância ambiental em saúde e 3.350 de agente comunitário de saúde. De acordo com a Secretaria de Administração Pública (Seap/DF), ainda não há previsão para lançamento de concurso público para preenchimento dos postos.

Para concorrer aos cargos é necessário ter nível médio completo. Os salários iniciais vão variar de R$ 1.620 a R$ 1.736,41, para agentes de vigilância, e R$ 1.506,60 a R$ 1.614,86, para agentes comunitários. A carga horária é de 40 horas de trabalho semanal.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Metrô/DF lança edital para 232 vagas; salário de até R$ 7 mil

Um ano após a autorização, a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô/DF) lançou nesta quinta-feira (12/12) o tão aguardado concurso do órgão com 232 vagas imediatas mais formação de cadastro reserva. As chances são para níveis médio e superior, com salários que variam de R$ 2,9 mil a R$ 7 mil. Como antecipado pelo CorreioWeb na segunda-feira (9/12), o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) é a banca organizadora.

Em nível superior, as oportunidades são para os cargos de analista metroferroviário em duas áreas: administrativa (nas funções de administrador, advogado, analista de sistemas, arquivista, assistente social, bibliotecário, contador, economista, médico do trabalho, pedagogo e psicólogo); e área técnica (para engenheiro - ambiental, civil, de controle de qualidade, de segurança do trabalho, eletrônico, eletricista, mecânico e de telecomunicações). O salário é de R$ 6.480 para a área administrativa e R$ 7.020 para a técnica. Ambas com jornada de 40 horas semanais de trabalho.

Quem tem nível médio entra na disputa pelos postos de profissional de suporte metroferroviário, na ocupação de assistente administrativo, com salário de R$ 3.240; técnico metroferroviário, nas funções de técnico (em contabilidade, informática, edificações, eletrônica, eletrotécnica, estradas, mecânica, segurança do trabalho e telecomunicações), com remuneração de R$ 3.450; operador de transporte metroferroviário, com vencimento de R$ 3.240; e profissional de segurança do trabalho, com salário de R$ 2.916 para ocupação de segurança metroferroviário. Todos os cargos têm carga horária de 40 horas.

Interessados poderão se inscrever entre 10 de janeiro e 26 de fevereiro de 2014, pelo site www.iades.com.br. As taxas custam R$ 38, R$ 48 e R$ 58, de acordo com o cargo pretendido. Do total de chances, vinte por cento são reservadas a pessoas com deficiência.

Na seleção, haverá provas objetivas e discursivas, na data prevista de 13 e 20 de abril, teste de aptidão física, avaliação psicológica, curso de formação e avaliação de títulos. No primeiro exame serão exigidos conhecimentos básicos (língua portuguesa, raciocínio lógico e matemático, legislação aplicada aos empregados do Metrô/DF, microinformática, atualidades) e conhecimentos específicos.

Amazul abre 126 vagas com salários de até R$ 5,3 mil


A Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A (Amazul) abriu processo seletivo simplificado com oferta de 126 vagas de nível médio e superior. As remunerações variam de R$ 2.250 a R$ 5.355. O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) é a banca organizadora da seleção. Do total de oportunidades, 21 vagas são imediatas e 105 para formação de cadastro reserva.

De acordo com o edital, publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (17/12), há chances no cargo de analista de projetos navais para médicos do trabalho (1), analista de administração de recursos humanos (5), analista de administração em contabilidade (1), analista de administração em finanças (2),comunicação social (2), analista de sistemas ERP-BENNER (RH - 1), analista de sistemas ERP-TOTVS (finanças - 1).

Já para o cargo de técnico de projetos navais existem duas chances para assistente de administração de recursos humanos, quatro chances para assistente de administração em finanças, uma para assistente de administração em contabilidade e outra para técnico TIC (suporte técnico).

Interessados podem se inscrever entre 19 de dezembro e 19 de janeiro pelo sitewww.ibfc.org.br. As taxas variam de R$ 50 a R$ 70. O edital não informou a forma de avaliação dos candidatos em a lotação dos aprovados.

A Amazul tem sede em São Paulo.

Promotor aciona Estado de Goiás para que realize concurso público para a Educação

Com vistas a concretizar a realização de concurso público para a área da educação estadual o promotor de justiça Fernando Krebs acionou o Estado de Goiás para que o certame seja realizado no prazo de 180 dias. A ação requere ao Poder Executivo estadual a contratação de professores e servidores de apoio administrativo sendo que o quantitativo mínimo para cargos de docentes é de 9.155 e de 5.934 funcionários um total de 15.089 novos cargos.
O promotor também pede na ação que o Estado de Goiás convoque, nomeio e emposse os aprovados de forma que os mesmos comecem a atuar no segundo semestre letivo de 2014. O não cumprimento, conforme pede a ação, pode acarretar em multa diária de R$ 40 mil.

Fernando Krebs também requisita que o Estado deixe de celebrar contratos temporários ou renove os em vigor até que se dê uma solução definitiva ao proposto pela ação, tendo pedido que no mérito, todos os contratos temporários firmados a partir de 1999 sejam considerados nulos, tornando obrigatória a realização de certame de provas e títulos para professores e servidores administrativos para a Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

O promotor justifica a propositura da ação devido precariedade que tem se perpetuado na pasta na gestão da Educação estadual por conta da contratação de temporários. Fernando Krebs também aponta que alguns desses contratos, inclusive, se estendem por tempo superior ao permitido pela legislação. 


sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Escola de Gestão Comunitária abre inscrições para 5 cursos gratuitos em 2014

Aulas são ministradas por professores renomados de entidades parceiras e abordam temas como legislação de condomínios, engenharia, eventos, sustentabilidade e noções de contabilidade

Com o objetivo de apoiar o trabalho de lideranças comunitárias, o Governo do Distrito Federal, por meio da Escola de Gestão Comunitária, um espaço voltado para a promoção de cursos e palestras para zeladores, porteiros, síndicos, prefeitos de quadras e membros de associações de moradores.
A escola oferece cursos gratuitos está com inscrições abertas para os cursos de formação em primeiros socorros, cursos de formação para síndicos, curso de formação para porteiros, curso de formação para zeladores e de cursos de formação em eventos.
As inscrições para os cursos de primeiros socorros, síndicos, porteiros, zeladores e de eventos, já podem ser feitas à partir de até 30/01, no site: http://www.brasilia.df.gov.br/ , clicando no link: “Escola de Gestão Comunitária”.
Os cursos abrangem estratégias de segurança, motivação, regras de limpeza, estratégias de negociação, direito, eventos, sustentabilidade, noções de contabilidade, direito, eventos, organização, engenharia, entre outros temas. Os horários das aulas vão de 19h às 22h15min e a carga horária varia de 12h/a à 90h/a.
Especialistas de órgãos do GDF e de organizações parceiras que ministram as aulas, referência em suas áreas de atuação. Incluem temas como legislação de condomínios, noções de contabilidade, mediação de conflitos, Brasília tombamento e regras para intervenção e a relação estado/sociedade civil no DF, engenharia dentre outros temas. As aulas iniciam em fevereiro e têm a participação de representantes do CRC, CREA, IAB, ASSOSÍNDICOS, CEB, Caesb, Detran,  Agefis, SLU, Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar.

De acordo com o administrador de Brasília, Messias de Souza afirma que a iniciativa é um programa de sucesso da administração de Brasília. “A Escola de Gestão Comunitária é uma conquista de todos, pois sabemos o quanto é difícil e estressante o papel de síndicos numa sociedade cada vez mais individualista com conflitos permanentes, que já tem lideranças de todo o DF fazendo os cursos da escola", avalia o administrador.

Já o coordenador da Escola de Gestão Comunitária, Paulo Roberto Melo, falou que a escola é um dos melhores programas de educação comunitária do Brasil, “Quem entrar na Escola de Gestão Comunitária vai fazer um curso de  qualidade que é reconhecido como o melhor programa de educação comunitária do Brasil além de ser uma oportunidade de qualificação para se colocar no mercado de trabalho em um mercado que pede cada vez mais qualificação e profissionalização” falou o coordenador Paulo Roberto Melo.

A ex-aluna do Curso de Formação para síndicos Luciana Cessel, falou que o curso de síndicos ajudou muito ela na gestão do seu condomínio, “Com as palestras de direito e dos engenheiros pude saber mais sobre legislação e engenharia o que eu estou aplicando em meu condomínio”.

O ex-aluno e síndico, Fábio de Mesquita falou que o curso ajudou tanto ele que ele se tornou um síndico profissional, “Hoje sou síndico de três condomínios e estou muito bem pois, o curso da Escola de Gestão Comunitária me ajudou a ter o conhecimento para que eu possa administrar bem esses condomínios”, falou o hoje síndico profissional.

O ex-aluno do Curso de Formação para Porteiros Clovis Gonçalves disse que fez o cursos e em menos de um mês coseguio o emprego de porteiro em condomínio, “Eu fiz o curso da Administração de Brasília e em 22 dias consegui o emprego de Porteiro em um condomínios com escala 12x36” falou o Porteiro Clovis Gonçalves.

Se você está buscando uma vaga no mercado de trabalho ou um novo emprego, que tal fazer um curso da Escola de Gestão Comunitária e se preparar para entrar no mercado de trabalho. 

Inscrições: www.brasilia.df.gov.br

Serviços: 


Curso de Formação para Porteiros
Local: Auditório da Administração Regional de Brasília (Setor Bancário Norte Bl K, Ed. Vagner 1º subsolo).
Inscrições: Até 24 de janeiro.
Dia do curso: 30 e 31 de janeiro de 2014.
Horário: De 19h as 22h15.


Curso de Formação em Eventos 1
Local: Auditório da Administração Regional de Brasília (Setor Bancário Norte Bl K, Ed. Vagner 1º subsolo).

Inscrições: Até 30 de janeiro.
Dias do curso: 5, 6 e 7 de fevereiro de 2014.

Horário: De 19h as 22h15.

Curso de Formação para Síndicos
Local: Auditório da Administração Regional de Brasília (Setor Bancário Norte Bl K, Ed. Vagner 1º subsolo).

Inscrições: Até 06 de fevereiro.
Dias do curso: 10, 11, 12, 13, 14, 17, 18, 19, 20, 21 e 22 de fevereiro de 2013.

Horário: De 19h as 22h15.

Curso de Formação para Zeladores
Local: Auditório da Administração Regional de Brasília (Setor Bancário Norte Bl K, Ed. Vagner 1º subsolo).

Inscrições: Até 07 de março.
Dia do curso: (segunda-feira) 77 de março de 2014.
Horário: De 19h as 22h15.


Curso de Formação em Primeiros Socorros
Local: Auditório da Administração Regional de Brasília (Setor Bancário Norte Bl K, Ed. Vagner 1º subsolo).

Inscrições: Até 28 de março.
Dias do curso: 2, 3 e 4 de abril de 2014.

Horário: De 19h as 22h15.



Duvidas ligue: (61) 3329-0498/0486 ou 8497-2015

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Ministério do Turismo abre 52 vagas para Brasília; salários de até R$ 5,2 mil


O Ministério do Turismo (Mtur) divulgou nesta segunda-feira (9/12), no Diário Oficial da União, edital para realização de novo concurso com 52 vagas para Brasília. As oportunidades são para os cargos de analista técnico-administrativo, contador, engenheiro e estatístico. A Escola de Administração Fazendária (Esaf) é a banca organizadora.

Para concorrer ao posto de analista (37 vagas) é preciso ter graduação em qualquer curso. Já para contador (3) é necessário nível superior em ciências contábeis e registro no Conselho Regional de Contabilidade (Corecon). Para entrar na disputa pelas chances de engenheiro (10) exige-se graduação em engenharia, com registro no órgão de classe. Para estatístico (2) é necessário ter nível superior em estatística e registro no conselho da categoria.

Para analista e contador a remuneração é de R$ 4.247,82. Para engenheiro e estatístico o salário é de R$ 5.212,38. Interessados poderão de inscrever de 16 a 29 de dezembro, pelo site www.esaf.fazenda.gov.br. A taxa custa R$ 90.

Na seleção, haverá uma única etapa, de prova objetiva. Os exames, para todos os cargos, deverão ser aplicados na data provável de 9 de fevereiro de 2014, em Brasília. Serão cobrados conhecimentos em língua portuguesa, ética do servidor na administração pública, raciocínio lógico-quantitativo, direitos constitucional e administrativo e legislação aplicada ao MTur.
O deputado Aylton Gomes presidiu, nesta ultima sexta-feira (6/12), sessão solene para homenagear o Dia do Síndico. Na ocasião, diversos síndicos, subsíndicos e moradores participaram da comemoração

A solenidade teve inicio ás 19h, no Plenário da Câmara Legislativa e contou com a presença do administrador de Brasília, Messias de Souza, do presidente do CRC-DF,  Adriano Marrocos, do presidente da ASSOSÍNDICOS-DF Paulo Roberto Melo e da vice-presidente do SINDICONDOMÍNIO-DF Maria Delzuíte.

O deputado Aylton Gomes, falou da importância dos síndicos e por ele ser bombeiro lembrou que os síndicos e bombeiros têm de trabalhar juntos “estou muito feliz em estar aqui hoje presidindo essa sessão solene em comemoração ao dia do síndico, que também e minha essa proposição que inclui 30 de novembro como o dia do síndico no calendário de eventos do Distrito Federal quer também dizer para a ASSOSÍNDICOS que vou batalhar pelos projetos de lei de interesse dos síndicos do DF”, falou o Deputado Distrital.

O presidente do CRC-DF, Adriano de Andrade Marrocos falou que ser síndico e uma função muito difícil com múltiplas funções “ser síndico é uma função muito difícil que envolve muitas funções entre elas a contabilidade que traz a vida financeira do condomínio”, enfatizou o presidente do CRC-DF.

O síndico Marcelo Sicoli, se disse estar muito feliz em estar presente na mesa e fazer a o falar ele falou “hoje os condomínios tem de ser geridos como uma empresa em uma quebra de paradigmas com síndicos cada vez mais profissionais e modernos, não mais aquele síndico o senhor aposentado” falou o síndico do centro clinico sudoeste.

O administrador de Brasília, Messias de Souza falou sobre o tombamento de Brasília e que Brasília é uma cidade de condomínios “quero mais uma vez cumprimentar os síndicos pelo seu dia e dizer que em Brasília a administração apoia os síndicos com o programa Escola de Gestão Comunitária que oferece cursos de síndicos, porteiros e zeladores que já formou milhares de pessoas para esse mercado que muito cresce no Distrito Federal e gera muitos empregos, quero dizer que os síndicos estão cada vez mais buscando se profissionalizar e fazer a melhor gestão em seu condomínio” comentou o  administrador de Brasília.

A vice-presidente do SINDICONDOMÍNIO-DF, Maria Delzuíte, falou das ações o sindicato “vou cumprimentar a todos e dizer que o SINDCONDOMÍNIO desenvolve diversas ações para o apoio dos síndicos de condomínios do DF e que o SINDICONDOMÍNIO quer trabalhar junto com a ASSOSÍNDICOS pelo desenvolvimento dos síndicos”. Falou a vice-presidente SINDICONDOMÍNIOS.

O presidente da ASSOSÍNDICOS-DF, Paulo Roberto Melo, fechou a sessão solene do dia do síndico lembrando da importância destes eventos para aumentar a autoestima dos síndicos e desenvolver nos moradores uma cultura da valorização dos síndicos, ele também falou sobre as perspectivas da ASSOSÍNDICOS para 2014, “quero de dizer aos síndicos presentes antes de mais nada o quanto me honra estarmos aqui hoje pela primeira vez na historia do DF em uma sessão solene em comemoração ao Dia do Síndico, quero lembra que em 2 messes de atuação temos esse plenário cheio no ano que vem ele vais estar lotado, quero antes de mais nada fazer um balanço desses dois messes a frente da ASSOSÍNDICOS pois em dois messes fizemos muito, com por exemplo a primeira semana do Síndico e Subsíndico no Distrito Federal, o jantar do síndico, caravana da ASSOSÍNDICOS, palestra com café da manhã dentre outro eventos, mas também avançamos no grupo de trabalho que fala sobre a lei de vistorias, também esta bem avançada a cartilha do síndico entre outros avanços que em breve mostraremos, também quero falar com todos sobre os nossos compromissos com 2014, em 2014 queremos atender 15 mil pessoas nos mais diversos programas da ASSOSÍNDICOS que vão ao encontro das necessidades de um apoio e uma melhor gestão em seus condomínios” enfatizou o presidente da ASSOSÍNDICOS-DF Paulo Roberto Melo.


Essa sessão solene foi à primeira da historia do DF e o deputado distrital Aylton Gomes anunciou a entrega de diversas moções de louvor para síndicos do DF.




PL das mídias alternativas comunitárias em votação na CLDF amanhã

Votação Pelo
VOTAÇÃO DA PELO 51/2013
A Proposta de Emenda à Lei Orgânica nº 51/2013, de autoria da deputada Luzia de Paula, que destina, no mínimo, 10% da verba de publicidade dos Poderes Públicos do Distrito Federal para as mídias comunitárias, encontra-se na Ordem do Dia da Câmara Legislativa e será votada amanhã, terça-feira (11/12), a partir das 15 horas. Por isso não deixem de comparecer. A participação e a pressão de todos é imprescindível para o sucesso da empreitada.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Jantar da ASSOSÍNDICOS-DF, em homenagem ao Dia do Síndico, reúne mais de 100 pessoas

A ASSOSÍNDICOS-DF promoveu no último sábado, 30/11, um jantar em homenagem ao Dia do Síndico. A festa aconteceu na Galeteira Serrana e contou com a participação de mais de 100 pessoas.
                
Segundo o presidente da ASSOSÍNDICOS-DF , Paulo Roberto Melo, essa comemoração está em seu primeiro ano com mais de 100  convidados. “Este é o primeiro ano que fazemos essa festa para homenagear os síndicos, quero agradecer e parabenizar os mais de 18.000 síndicos do DF e Região Metropolitana pelo seu dia, e dizer que esse evento é apenas um de uma dezena de eventos que faremos em 2014”, destacou Paulo Roberto Melo, lembrando que na semana do síndico tivemos inúmeras palestras e eventos, levando aos síndicos informações sobre a gestão de condomínios.

De acordo com a Brademir Wolff da Silva, diretor de Eventos da ASSOSÍNDICOS-DF e organizador da festa, o jantar é uma homenagem aos síndicos, que trabalham para o bem-estar dos condomínios. “Tivemos nesse ano  a maior e melhor programação na historia do DF para comemorar o dia do Síndico”, ressaltou Brademir. 

O prefeito de Brasília, Messias de Souza esteve presente no evento e lembrou a importância da ASSOSÍNDICOS-DF dizendo, “A ASSOSÍNDICOS-DF, já nasceu forte pois ela tem na sua diretoria pessoas comprometidas com os síndicos e subsíndicos do Distrito Federal”, falou Messias de Souza

Além do jantar, alguns convidados foram premiados com o prêmio SÍNDICO BOM de GESTÃO, os convidados receberam adesivos e cartilhas e ainda jantar com um típico galeto do sul do país.

Esteve presente também os presidentes do CREA-DF e CREA sênior, o deputado Roney Nemer, e diversas autoridades do DF.  

Outras informações pelo site: www.assosíndicosdf.com.br ou pelo telefone (61) 9388-4983.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

ASSOSÍNDICOS promove café da manhã com palestras e dicas pelo dia do síndico

A Associação de Síndicos e Subsíndicos do Distrito Federal e Região Metropolitana promoveu em parceria com o supermercado Big Box, Corpo de Bombeiros e Administração de Brasília, realizaram um encontro com café da manhã no ultimo dia 30/11, para alertar síndicos sobre a importância da prevenção e combate a incêndios nos condomínios em que eles são gestores.
O evento teve um café da manhã, oferecido pelo Big Box, palestras feitas pelo Corpo de Bombeiros  e  uma tenda oferecida pela administração de Brasília.
A ASSOSÍNDICOS distribuiu adesivos com o dizer “meu condomínio tem um síndico bom de gestão”, também distribuiu informativos para os síndicos e convidou as pessoas a conhecerem a ASSOSÍNDICOS.
O presidente da ASSOSÍNDICOS, Paulo Roberto Melo falou: “hoje dia 30 de novembro estamos realizando uma série de eventos entre eles café da manhã com palestra nesta quadra, queremos valorizar cada vez mais essa profissão, vou buscar aprovar projetos de lei que apoie o síndico de condomínio, queremos que os síndicos tenham orgulho de ser síndico, vamos melhorar a autoestima dos síndicos com esses eventos de integração e valorização do síndico” falou p presidente da ASSOSÍNDICOS.

O evento também contou com a presença de síndicos, moradores do DF, diretores e membros da ASSOSÍNDICOS, O Administrador de Brasília Messias de Souza, Major Pedroso e o Coronel do Corpo de Bombeiros.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Cesgranrio fara concurso com mais de 7 mil vagas do IBGE

Saiu no Diário Oficial da União desta segunda-feira (18/11) extrato de dispensa de licitação em que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) escolheu a Fundação Cesgranrio como banca de seu novo processo seletivo. Serão abertas 7.825 vagas de níveis médio e superior, conforme autorização publicada pelo Ministério do Planejamento em julho deste ano.


Para nível médio serão 7,6 mil vagas ao cargo de agente de pesquisa e mapeamento e outras 180 para agente de pesquisa por telefone. Graduados, por sua vez, disputarão 27 oportunidades para analista de geoprocessamento e 18 de supervisor de pesquisa por telefone.

Os aprovados vão trabalhar na realização de pesquisas econômicas e sociodemográficas. As contratações serão realizadas mediante realização de processo seletivo e com duração de até um ano, com possibilidade de prorrogação até o limite máximo de dois anos. Os salários serão definidos pelo IBGE e as despesas com as contratações ficarão por conta do instituto.  

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Concursos com 34.000 vagas no Brasil

As oportunidades são para diversos órgãos e profissões. O maior salário oferecido é para Juiz substituto do DF: R$ 22,8 mil


Concurseiro só relaxa depois da aprovação. Até lá, a longa batalha de estudos, acreditam eles, não pode parar. Após um domingo em que milhares de candidatos debulharam a prova da Polícia Civil do Distrito Federal, uma das mais aguardadas do ano, a semana começa com 33.615 vagas em jogo. As oportunidades se referem aos principais certames locais, estaduais e nacionais com inscrições abertas.

Um dos destaques é a seleção para o cargo de juiz substituto do DF. O salário inicial de uma das carreiras mais badaladas do Poder Judiciário é de R$ 22.854,46. Atenção ao prazo: interessados só têm até esta quinta-feira para garantir lugar na disputa por uma das 92 vagas oferecidas. A taxa de inscrição é de R$ 220. Para concorrer, exige-se, no mínimo, três anos de atividade jurídica comprovada, além da graduação em direito, claro.

Para os sedentos de estabilidade e bons salários, há oportunidades em órgãos como o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). São 163 cargos abertos, com remunerações de R$ 6.130 e R$ 8.300. As inscrições terminam em uma semana. Já a Petrobras Transporte oferece nada menos do que 602 vagas para níveis e cargos diversos e salários de R$ 3.148,99 a R$ 9.545,40. Nesse caso, há mais tempo para se inscrever: até 31 de janeiro do ano que vem.


Confira as principais oportunidades com inscrições abertas:

LOCAIS

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS (TJDFT)
Inscrições até quinta-feira (14) pelo site www.cespe.unb.br/concursos/tjdft_13_juiz. Concurso público com 92 vagas para o cargo de juiz substituto da justiça do DF. Para concorrer é preciso ser graduado em direito e ter, no mínimo, três anos de atividade jurídica comprovada. Salário: R$ 22.854,46. Taxa: R$ 220.

NACIONAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO GOIÁS
Inscrições até 10 de dezembro pelo site www.ufg.br. Concurso público com 80 vagas de nível superior para o cargo de professor em diversas áreas. Salários: R$ 2.066,93 a R$ 8.049,77. Taxas: R$ 42 a R$ 161.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ (MG)
Inscrições de terça-feira (12) a 5 de dezembro pelo site www.unifei.edu.br. Concurso público com 40 vagas de nível médio e superior em diversos cargos. Salários: R$ 1.547,23 a R$ 3.138,70. Taxas: R$ 60 a R$ 120.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Inscrições de amanhã (11) a 6 de dezembro pelo site www.sigrh.ufrn.br. Concurso público com 17 vagas de nível superior para o cargo de professor efetivo assistente e auxiliar. Salários: R$ R$ 1.914,58 a R$ 5.839,55. Taxas: R$ 50 a R$ 140.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ)
Inscrições de quinta-feira (14) a 1º de dezembro pelo site www.pr4.ufrj.br. Concurso público com 54 vagas de nível médio e superior em diversos cargos. Salários: R$ 1.912,99 a R$ 3.138,70. Taxas: R$ 70 a R$ 100.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
Inscrições até 10 de dezembro pelo site grh.ufs.br. Concurso público com 16 vagas de nível superior para o cargo de professor adjunto, auxiliar e assistente. Salários: R$ 2.714,89 a R$ 8.049,77. Taxas: R$ 70 a R$ 150.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS (UFAM)
Inscrições até quarta-feira (13) na Secretaria das Unidades Acadêmicas ou Departamentos responsáveis. Concurso público com 80 vagas de nível superior para o cargo de professor em diversas especialidades. Salários: R$ 1.914,58 a R$ 4.649,65. Taxas: R$ 38 a R$ 77.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO (UFMT)
Inscrições até terça-feira (12) pelo site www.ufmt.br. Concurso público com 28 vagas de nível superior para professor em diversas áreas. Salários: R$ 3.341,02 a R$ 8.516,18. Taxa: R$ 150.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE PARÁ (UFOPA)
Inscrições até 2 de dezembro pelo site www.fadesp.org.br. Concurso público com 160 vagas para os níveis médio e superior em diversos cargos. Salários: R$ 1.912,99 a R$ 3.138,70. Taxas: R$ 60 e R$ 80.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR (MDIC)
Inscrições até 20 de novembro pelo site www.cespe.unb.br/concursos/mdci_2013. Concurso público com 105 vagas em cargos de nível médio e superior para os cargos de analista técnico e agente administrativo. Salários: R$ 2.570,02 e R$ 3.980,62. Taxas: R$ 60 a R$ 90.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE)
Inscrições até 28 de novembro pelo site www.ence.ibge.gov.br/concurso2013. Concurso público com oito vagas de nível superior para o cargo de pesquisar em informações geográficas e estatísticas A I. Salários: R$ 7.047,38 a R$ 8.907,45. Taxa: R$ 140.

INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL (IPHAN)
Inscrições até 18 de novembro pelo site www.iades.com.br. Processo seletivo com 163 vagas temporárias de nível superior para diversos cargos. Salários: R$ 6.130 e R$ 8.300. Taxas: R$ 66 e R$ 70.

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DE SANTA CATARINA
Inscrições até quinta-feira (14) pelo site iprev.fepese.org.br. Concurso público com cinco vagas mais formação de cadastro reserva de nível superior para o cargo de advogado autárquico. Salário: R$ 5.042,05. Taxa: R$ 100.

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMIÁRIDO (UFERSA)
Inscrições até 18 de novembro pelo site www.comper-ve.ufrn.br. Concurso público com 63 vagas para os níveis médio e superior. Salários: R$ 1.547,23 a R$ 3.138,70. Taxa: R$ 39 a R$ 78

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO (UNIVASF)
Inscrições até terça-feira (12) pelo site www.concurso.univasf.edu.br. Concurso público com seis vagas de nível superior para professor para as áreas de medicina da família e comunidade, pediatria, ginecologia e obstetrícia, patologia e fisiologia. Salários: R$ 2.968,02 a R$ 8.049,77. Taxas: R$ 80 a R$ 180.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ (UNIFAP)
Inscrições até o próximo domingo (17) pelo site depsec.unifap.br. Concurso público com 96 vagas para os níveis médio e superior em diversos cargos. Salários: R$ 1.912,99 a R$ 3.138,70. Taxas: R$ 75 a R$ 95..

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA (IFRR)
Inscrições até hoje (10) pelo site www.funcab.org. Concurso público com 149 vagas para todos os níveis de escolaridade em diversos cargos. Salários: R$ 1.562,23 a R$ 3.594,57 Taxas: R$ 60 a R$ 80.

EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES (EBSERGH) — ES
Inscrições até 9 de dezembro pelo site www.institutoaocp.org.br. Concurso público com 737 vagas para todos os níveis médio/técnico e superior em diversos cargos. Salários: R$ 1.630 a R$ 7.774. Taxas: R$ 30 e R$ 50.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Cotas em concursos ampliam discriminação

A reserva de 20% das vagas em concursos para o serviço federal, proposta pela presidente Dilma Rousseff nesta semana, é vista com reserva por boa parte dos funcionários públicos negros. Para eles, a meritocracia deve ser o critério de seleção, e não a cor da pele. A maioria dos ouvidos pelo Correio acredita que a criação de cotas no serviço público é discriminatória e reforça o preconceito. 


Ednaldo dos Santos, 52 anos, servidor do Ministério da Agricultura, avaliou que a implementação do sistema de cotas nos certames desrespeita a população e amplia o preconceito contra os negros e, até mesmo, entre eles. “As bancas organizadoras precisam avaliar o candidato pelos conhecimentos aferidos nas provas e não por conta da cor da pele. Isso é ridículo”, afirmou. Santos acredita que, diante da reprovação da maioria dos brasileiros, o sistema de cotas não deve entrar em vigor. Ele disse que o governo precisa rever alguns conceitos. “O mais justo seria estabelecer uma reserva de vagas para pessoas com dificuldades financeiras e não por raça”, afirmou. 

Já na opinião da servidora Nivaldina Santos da Paixão, 58, o sistema de cotas é um não reconhecimento da sabedoriados negros. “Sem contar que é preconceituoso demais. Os próprios negros deveriam entender isso”, afirmou. “Com isso, a nossa luta por igualdade perde todo o sentido. Será que não temos capacidade para passar em um concurso? Eu e meus filhos nunca precisamos de cotas para entrar na faculdade ou no serviço público. Foi tudo mérito nosso”, frisou.

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Secretaria de Educação recebe mais de 79 mil inscritos a professor


Um dos concursos mais aguardados do ano - para professor da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) - não decepcionou no número de inscritos e recebeu uma quantidade recorde de candidaturas. De acordo com boletim estatístico divulgado pela Secretaria de Administração Pública (Seap/DF), o certame obteve 79.239 inscrições - uma concorrência de 97 por vaga. A especialidade que conta o maior número de participantes foi a de professor de educação básica (jornada de 40 horas) - atividades, com 36.302 inscritos. A seleção é organizada pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

As 809 vagas são destinadas às áreas de artes cênicas/teatro, biologia, educação física, enfermagem, filosofia, física, geografia, história, informática, espanhol/inglês/francês, matemática, música, nutrição, química, sociologia, telecomunicações, entre outras. O salário é de R$ 4.343,18, para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, e de R$ 1.764,42, para carga de 20 horas por semana.

Haverá aplicação de provas objetivas em 8 de dezembro, somente em Brasília, com duração de três horas e meia. Os candidatos terão que responder questões sobre língua portuguesa, conhecimentos pedagógicos, atualidades, noções de direito administrativo, Lei Orgânica do DF e conhecimentos específicos. O local, a sala e o horário serão disponibilizados no site da banca a partir de 2 de dezembro. Os aprovados na prova objetiva ainda serão submetidos à avaliação de títulos e de experiência profissional.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

33.000 vagas hoje

O número de chances disponíveis para conquistar a estabilidade no serviço público continua vasto. Há 169 concursos com inscrições abertas e oferta de 33.218 vagas. Apenas nesta semana, as inscrições se encerram para 1.907 oportunidades, de 10 certames, com salários convidativos que vão de R$ 1,7 mil a R$ 19,5 mil, em processos seletivos de órgãos nacionais, estaduais e municipais. 


Os concurseiros devem se apressar. Professores interessados nas 17 vagas da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), com salários de R$ 5,4 a R$ 8 mil, têm até hoje para entrar na disputa. O cargo de procurador do Distrito Federal tem o salário mais elevado, R$ 19,5 mil (25 vagas, inscrições até dia 25), mas a maior procura, no momento, é para as 809 chances a docentes, da Secretaria de Educação do Distrito Federal (R$ 1,7 a R$ 4,3 mil e inscrições até dia 24). Eles estão movimentando os cursos preparatórios em Brasília. 

Mas os que, eventualmente, não conseguirem aprovação nessas experiências não devem desistir. Para Mariano Borges, professor do Gran Cursos, as expectativas são otimistas. “Os estudantes que desejam mesmo passar nas provas não deverão ter férias. Já existe grande quantidade de editais publicados, inclusive para o Supremo Tribunal Federal (STF), que saiu agora e exige alto nível de especialização. A perspectiva é de que vários certames sejam autorizados até o fim do ano, o que significa que o primeiro semestre de 2014 será muito promissor. Quem se dedicar sairá vitorioso com certeza”, destaca. 

A opinião do professor é compartilhada pelo advogado Alder Jaime de Moraes Júnior, 38 anos, que está de olho na tão sonhada estabilidade e em busca dos altos salários. Em sua lista de prioridades estão os concursos da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), para o cargo de agente, e do Supremo Tribunal Federal (STF), para analista judiciário, ambos com remunerações acima de R$ 7 mil mensais. “Muito mais importante do que ter um emprego garantido é ganhar a qualidade de vida que o dinheiro no bolso pode trazer”, ressalta.

Veja os certames que estão com as inscrições abertas. Mas lembre-se: 
mais de 1,9 mil oportunidades se encerram até o próximo domingo 

Órgãos    Prazo de Inscrição    Salário (em R$)    Vagas 

Procuradoria-Geral do DF    Até sexta (25)    19,5 mil    25


IBGE I    Até quinta (24)    2,8 mil a 4,2 mil    300


IBGE II    Até quinta (24)    6,3 mil a 7,9 mil    120


Univ. Fed. do Vale do S. Francisco    Até hoje (21)    5,4 mil a 8 mil    17


Univ. Tec. Fed. do Paraná    Até quinta (24)    5,4 mil a 8 mil    11


Univ. de Grandes Dourados    Até sexta (25)    2 mil a 8 mil    39


Secret. de Direitos Humanos    Até quinta (24)    6,1 mil    10


Secret. de Educação do DF    Até quinta (24)    1,7mil a 4,3 mil    809


Secret. de Saúde do DF I e II    Até sexta (25)    Não informado    543


Hospital das Forças Armadas    Até domingo (28)    Não informado    33 

Publicidade

Publicidade

Usuários online

Publicidade