segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Coaching é um novo aliado dos concurseiros

Metodologia pode auxiliar aos candidatos a concursos públicos organizarem o tempo e alcançar melhor as metas

O Coaching é usado, na maioria das vezes, por profissionais que buscam uma melhora no desempenho e na obtenção de resultados mais satisfatórios, seja na vida pessoal ou profissional. O que poucos sabem é que esta modalidade também pode ser utilizada na rotina dos concurseiros. “O Coaching atua a partir de um diagnóstico profundo sobre a pessoa. Muitas vezes, o objetivo é claro, mas a forma de alcança-lo, não. Neste contexto, ambos vão construindo juntos – o que faz sentido ao coachee e que está a seu alcance de fazer – para que a meta seja cumprida, no tempo estabelecido e nas condições ideais”, explica o coach Flávio Resende.

Muitas vezes, as dificuldades apresentadas pelos candidatos a concursos nem são relacionadas apenas com a dificuldade de aprendizagem, mas sim com problemas como ansiedade ou falta de concentração, pontos que podem ser trabalhados muito bem em sessões com um coach. “Por exemplo, se o quiebre do coachee é a ansiedade, cabe ao coach levantar com ele as possibilidades de ações que levariam à diminuição deste problema. Podem ser desde atividades de relaxamento até indicação para que o coachee procure uma ajuda especializada. Mas uma forma eficiente é descobrir o que gera a ansiedade: Omedo de falhar? O medo do desconhecido? O medo de mudar? A insegurança?”, conta o coach.

Outra dificuldade para os concurseiros é lidar com a demora da aprovação. Enquanto alguns conseguem logo nas primeiras tentativas, outros – mesmo após anos estudando – não alcançam a tão sonhada vaga. E isso, com o tempo, leva a um desânimo nos estudos e, em muitas vezes, até à desistência do sonho de passar em um concurso público. “Se o cliente desejar, nós podemos trabalhar isso nas sessões e buscar entender se este movimento de desistir é recorrente em sua vida ou se algum acontecimento o levou até ali. E na sequência, tentar compreender como ele se sente em relação a isso”, explica Flávio.

O trabalho em parceria com um coach é indicado para todos que buscam ter um novo gás no caminho para se tornar um servidor público. Nos encontros, o coach vai atuar junto ao candidato, dando-lhe insights para que, por conta própria, ele descubra suas competências e minimize suas fraquezas. “O coach pode ser determinante para ajudar o candidato a organizar o seu tempo, os seus estudos, e diminuir as pressões e tensões que esta jornada pode trazer”, conclui o coach.

O coach Flávio Resende listou uma série de dicas que podem ajudar concurseiros a chegarem no seu objetivo com mais facilidade e evitando estresse:

Onze dicas para o concurseiro
Estabeleça a sua meta, de forma clara e a longo e médio prazos;
Se comprometa com você, antes de qualquer coisa;
Pague o preço para atingir o que deseja. Tudo tem um preço na vida. Mas depois pode valer muito a pena;
Procure os recursos mais adequados, mas não esqueça: é mais importante o seu empenho do que estudar no melhor cursinho e não leva-lo a sério;
Organize o seu tempo de estudo (inclusive, nos finais de semana);
Esqueça WhatsApp, Netflix e tudo que pode tirar a sua concentração;
Escolha o local ideal para os seus estudos;
Reserve tempo para atividade física, boa alimentação e para tomar água;
Não perca o foco dos caminhos traçados para que você chegue no seu objetivo final;
Controle a sua ansiedade. Ela pode te prejudicar fortemente;
Persevere sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade

Usuários online

Publicidade