segunda-feira, 2 de setembro de 2013

EBSERH cumpre decisão da Justiça e reabre inscrições para o HUB



Em comunicado oficial publicado nesta segunda-feira (2/9), o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), José Rubens Rebelatto, declarou que cumpriu a decisão liminar proferida pela 17ª vara do trabalho - a pedido do Ministério Público do Trabalho (MPT) -, e reabriu o período de inscrições do concurso que oferta 1.001 vagas. Agora quem quiser participar pode se inscrever até as 23h59 o dia 12 de setembro pelo site www.ibfc.org.br. As provas objetivas foram remarcadas para o dia 6 de outubro.

O concurso foi suspenso no dia 23 de julho deste ano devido a pontuação desproporcional estipulada na prova de títulos. Agora, de acordo com o edital retificado, a pontuação de títulos, tanto de tempo de experiência profissional, quanto de titulação acadêmica, não poderão ultrapassar, em hipótese alguma, o total de 10 pontos cada. Já a prova objetiva tem o valor máximo de 80 pontos.

Entenda o caso 
Como noticiado pelo CorreioWeb, a juíza Natalia Queiroz acatou o pedido do MPT e determinou a imediata retificação dos três editais lançados. Para a magistrada, a fase de títulos não poderia ser feita na fase eliminatória de um concurso como foi estipulado pela EBSERH. Ou seja, a prova de títulos deveria ter apenas caráter classificatório, senão poderá impossibilitar o acesso a cargos públicos de pessoas com pouca experiência profissional ou com poucos recursos financeiros ara fazer especializações.

Outro ponto levantado na ação é que não existe justificativa para que o exercício da profissão em hospitais de ensino tenha maior peso que o exercício da profissão em hospitais particulares. De acordo com o edital, a pontuação máxima que um candidato pode obter na seleção é de 100 pontos, destes trinta são destinados a títulos - sendo 15 para titulação acadêmica (doutorado, mestrado, especialização, produção científica e aperfeiçoamento) e 15 para tempo de experiência profissional (um ponto por ano de trabalho em hospital de ensino e 0,8 ponto por ano em outros tipos de hospitais).

A multa diária pelo não cumprimento da determinação de retificar os editais seria de R$ 50 mil. Além isso, os prazos de validade dos concursos deverão ser prorrogados por mais dez dias.

A seleção 
São 1.101 vagas imediatas para as áreas médica, assistencial e administrativa. Os salários variam de R$ 1.630 a R$ 7.774. Podem participar candidatos com níveis médio e superior.

Do total de vagas, 244 são para médicos nas áreas de alergia e imunologia, anestesiologia, cardiologia, cirurgia geral, cirurgia plástica, clínica médica, dermatologia, endocrinologia,geriatria, infectologia, mastologia, nefrologia, neurocirurgia, nutrologia, oftalmologia, patologia, pediatria, psiquiatria, radioterapia, urologia, entre outras especialidades). Outras 712 vagas são para os cargos de assistente social, biólogo, enfermeiro, farmacêutico, físico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, profissional de educação física, psicólogo, técnico em radiologia, terapeuta ocupacional, biomédico, entre outros.

As 145 vagas restantes são para advogados, analista administrativo (para formados em administração, administração hospitalar, arquitetura, biblioteconomia, contabilidade, economia, estatística, jornalismo e relações públicas), analista de tecnologia da informação (banco de dados, processos, sistemas operacionais, suporte e rede e telecomunicações), engenheiro (civil, clínico, de segurança do trabalho, elétrico e mecânico), pedagogo, assistente administrativo, técnico em informática e técnico em segurança do trabalho. Segundo o edital, cinco por cento das vagas é reservado para pessoas com deficiência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade

Usuários online

Publicidade