quarta-feira, 29 de maio de 2013

ANTT lança edital com 135 vagas, a maioria para Brasília



Fim da espera. Foi divulgado nesta quarta-feira (29/5) o novo edital de concurso público da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), com oferta de 135 vagas de níveis intermediário e superior - 130 delas com lotação em Brasília/DF. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) é a banca organizadora. Do total de chances, nove são reservadas às pessoas com deficiência. O salário chega a R$ 10 mil.

Para nível superior as oportunidades serão para os cargos de analista administrativo e especialista em regulação de serviços de transportes terrestres. A remuneração é de R$ 9.263,20 e R$ 10.019,20, respectivamente. Para nível médio os postos em disputa são de técnico administrativo e de técnico em regulação de serviços de transportes terrestres, os salários vão de R$ 4.760,18 a R$ 4.984,98. Todos com jornadas em 40 horas semanais de trabalho.

Para concorrer aos postos de nível superior é preciso ter graduação em administração, biblioteconomia, ciências contábeis, direito, comunicação social, tecnologia da informação, análise de sistemas, sistemas de informação, engenharia da computação ou ciência da computação, engenharia ambiental ou em engenharia florestal, engenharia civil, engenharia civil/engenharia de produção e de estatística.

Interessados podem se inscrever entre os dias 10 de junho e 2 de julho pelo site www.cespe.unb.br/concursos/ANTT_13. As taxas variam entre R$ 80 e R$ 100.

Todos os participantes serão submetidos à prova objetiva de conhecimentos básicos e de conhecimentos específicos, bem como à prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, composta por uma redação dissertativa. Além disso, haverá avaliação de títulos, de caráter classificatório, para cargos de nível superior. As avaliações objetivas e discursivas serão aplicadas em Brasília, Boa Vista, Porto Velho e Rio Branco no dia 11 de agosto na parte da manhã para nível superior e da tarde, para intermediário.

Haverá, ainda, uma segunda etapa composta por curso de formação e que será realizada apenas em Brasília, mas só para os aprovados na função de especialista em regulação de serviços de transportes terrestres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade

Usuários online

Publicidade