quarta-feira, 10 de abril de 2013

Prazo para se inscrever no concurso do BB vai sexta



Arquivo
Últimos dias para quem tem o nível médio e quer ingressar na área bancária, com bom salário e vários benefícios: as inscrições para o concurso do Banco do Brasil (BB) vão até esta sexta-feira, dia 12 de abril. A seleção é destinada a cadastro de reserva de escriturário, cargo de ingresso no banco.

A remuneração é de R$2.732,04, sendo R$1.892 de vencimentos iniciais, R$472,12 de auxílio-refeição e R$367,92 de cesta-alimentação, para carga de 30 horas semanais. Entre os benefícios estão a possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros, plano de saúde extensivo aos dependentes, plano de previdência, auxílio-creche e auxílio para portadores de deficiência.

Para participar, o interessado deve acessar o site da organizadora do concurso, a Fundação Carlos Chagas (FCC). Também há disponibilidade de postos de atendimento, para quem quiser se inscrever presencialmente, das 9h às 12h e das 13h às 17h. A taxa (R$40) deve ser paga até o próximo dia 12.

Embora o concurso seja para cadastro de reserva, há um limite de aprovados que poderão ser chamados. No total, o BB poderá realizar até 3.950 contratações (incluindo os empates), sendo 1.300 no Rio de Janeiro.

No estado fluminense, a maior quantidade de convocações possíveis é na microrregião 32, que abrange as agências localizadas no Centro do Rio, cujo limite é de 200. Já nas outras 12 microrregiões serão chamados somente os 100 mais bem classificados. A contratação é feita sob o regime celestista.

Além do Rio, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e parte do Amazonas e de Santa Catarina também fazem parte da seleção. O prazo de validade do concurso é de um ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Seleção - Os candidatos a escriturário do Banco do Brasil (BB) serão avaliados no dia 26 de maio, durante quatro horas e meia, pela manhã, por meio de prova de múltipla escolha e redação. Serão propostas 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Gerais (distribuídas por Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Matemático e Atualidades do Mercado Financeiro) e 30 de Específicos (com as matérias de Cultura Organizacional, Técnica de Vendas, Atendimento, Domínio Produtivo da Informática e Conhecimentos Bancários).

Será aprovado na parte objetiva quem acertar, pelo menos, 30% dos conteúdos de Conhecimentos Básicos, ou seja, nove questões; 30% de Conhecimentos Específicos, o que também corresponde a nove questões; e 40% do total da prova, representando 24 questões.

Em relação à redação, serão corrigidas apenas as dos 7.900 concorrentes mais bem classificados na prova de múltipla escolha (incluindo os empates), sendo 2.600 no Rio de Janeiro. Portanto, não basta apenas estar dentro dos critérios de aprovação, mas também é preciso estar entre as melhores posições, de acordo com polo e micropolo aos quais se candidatou.

A redação possui caráter eliminatório e deverá ter entre 20 e 30 linhas, sobre o tema proposto pela Fundação Carlos Chagas (FCC). Nesse caso, o participante considerado aprovado deve obter, no mínimo, 50 dos 100 pontos totais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade

Usuários online

Publicidade